Que (Género de) Coisa!?

Por uma consciência da urgência em fazer-se cumprir o Plano para a Igualdade, previsto na legislação, mas, mais amplo e importante do que fazer-se cumprir a lei, é a questão de cidadania que com esta tarefa se prende, logo, uma questão de Direitos Humanos. Acredito que proporcionar encontros inter e multiculturais e debate de diferentes paradigmas, nos facultarão ferramentas para o combate das diversas formas de preconceitos e de actos de descriminação, designadamente, as com base no género. Continua a ser fundamental criar, mas, sobretudo, fortalecer as estruturas e mecanismos já existentes, que promovam a Igualdade de Género e o AnimASC quer participar nisso!

À medida que vamos reflectindo sobre as “questões de género “vamos tomando consciência acerca de determinadas atitudes/condutas/práticas impressas na nossa cultura, vamos projectando estas mesmas atitudes em âmbito Sociocultural. Portanto, após granjear-se uma consciência profunda daquilo que/como pensamos, dizemos e/ou fazemos (ou não…), bem como uma reflexividade sobre as nossas acções(as quais vamos reproduzindo) e as dos que nos rodeiam, sobre um contexto situacional em particular, estabelecer-se-à uma dinâmica grupal que conduzirá à construção de conhecimento para a acção e a partir da práxis.