, , , , , , , , , ,

Global Citizen

“We are a social action platform for a global generation that wants to solve the world’s biggest challenges.On our platform, you can learn about issues, take action on what matters most and join a community committed to social change. We believe we can end extreme poverty by 2030, because of the collective actions of Global Citizens across the world”.

, , , , , ,

Dia Internacional da Juventude!

“Hoje, dia 12 de Agosto, celebrou-se o Dia Internacional da Juventude! Muitas atividades super-divertidas, alusivas à prática de desporto, à participação cidadã d@s jovens em diversas matérias, designadamente, relacionadas com a educação em geral, educação ambiental, sexual, para a saúde, para os direitos humanos…A REDE, como parceira de uma das entidades organizadoras (IPDJ) Continue reading

, , , ,

Still … about Gore’s TX

In Al Gore’s brand-new slideshow (premiering exclusively on TED.com), he presents evidence that the pace of climate change may be even worse than scientists were recently predicting, and challenges us to act with a sense of “generational mission” — the kind of feeling that brought forth the civil rights movement – to set it right. Gore’s stirring presentation is followed by a brief Q&A in which he is asked for his verdict on the current political candidates’ climate policies and on what role he himself might play in future.

Quem foi (e é!) Confúcio?

Gostaria muito de receber os vossos comentários, porém, deixo aqui uma brisa…

Confúcio partilhou a sua sabedoria com os demais ao dizer que (…) um homem sem humanidade não poderia viver por muito tempo na adversidade nem poderia conhecer a alegria por muito tempo. Um homem bom apoia–se em sua humanidade, um homem sábio beneficia–se de sua humanidade.

Sendo que o pensamento de Confúcio pregava o aperfeiçoamento do indivíduo, para que espalhasse em volta de si o princípio contagioso de ordem, o mesmo, foi deixando no mundo, pegadas pelo caminho que percorreu, permitindo que outros, pudessem assim, inspirar-se na sua obra:

(…) Quem conseguisse espalhar as cinco práticas no mundo inteiro implementaria a humanidade (…) Cortesia, tolerância, boa–fé, diligência, generosidade. A cortesia repele os insultos; a tolerância conquista todos os corações; a boa–fé inspira a confiança dos outros, a diligência garante o sucesso; a generosidade confere autoridade sobre os outros.

(CONFÚCIO. Analetos, cap. 4, § 4.2 e cap. 17, § 17.6).

Desprovida de qualquer sentido metafísico, a doutrina confucionista visava introduzir princípios morais em cada indivíduo, para o pleno exercício da política, incentivando ao respeito pela família e  sociedade.