Mas o que é afinal a Animação Sócio-cultural?

Genericamente e mediante definição fornecida pela UNESCO, a Animação Sócio-cultural é “um conjunto de práticas sociais que têm como finalidade estimular a iniciativa, bem como a participação das comunidades no processo do seu próprio desenvolvimento e na dinâmica global da vida sócio-política em que estão integrados.” – (UNESCO)

A manifestação da ASC está íntima e directamente ligada à Revolução Industrial e a todas as transformações e mudanças que dela resultaram. No processo de mobilização “campo-cidade” das massas populares, para trabalhar nas fábricas, em busca de melhores condições de vida, disparou o crescimento da população urbana o que, por sua vez causou uma desertificação rural, culminando em grandes alterações no sistema social e familiar.

Assim como a sociedade, a ciência também evolui no sentido do desenvolvimento tecnológico e informático apelando à necessidade de uma educação permanente bem como de uma constante actualização de conhecimentos ao longo da vida. O incremento do tempo livre foi uma conquista da revolução industrial através do reconhecimento da sua importância e da sua inscrição enquanto direito do homem. Deste modo, está directamente ligada à ASC.

Em suma, a rapidez com que se deram essas transformações e mudanças dificultaram a adaptação da sociedade às novas exigências, realidades e problemas, criando condições inevitáveis para o aparecimento e implementação da ASC.

Isabel Soares

N.B. – Esta abordagem foi elaborada com base num livro oriundo de uma tese de doutoramento da autoria de Marcelino de Sousa Lopes  (ano de publicação 2006).